Combatendo o vilão da mulherada!

In: Beleza

On: 19 March, 2015

Boa parte das mulheres sofrem com a queda de cabelo. Seja por causa de água quente, má alimentação, química… Mas você sabe identificar quando a queda de cabelo se torna um problema de saúde e precisa de tratamento médico?

A dermatologista na Rede de Hospitais São Camilo, Ana Célia Xavier, nos contou é normal que as pessoas observem a queda de aproximadamente 120 fios de cabelo por dia, mas se essa média for maior, é necessário fazer uma checagem para conferir se está tudo bem. Segundo ela, tanto homens quanto mulheres podem sofrer desse mal.

queda2

 

queda1

A queda de cabelo pode estar ligada diretamente à carência nutricional por consequência de uma alimentação errada, insuficiente ou inadequada e também à alteração hormonal, estresse, genética e dermatite seborreica, que é a descamação do couro cabeludo. Ainda segundo a Dr. Ana, o paciente que notar a queda mais acentuada deve procurar um especialista, fazer exames e fazer um tratamento indicado.

queda4

queda3

A dermatologista alerta que quando a queda de cabelo tem causa genética, a chamada alopecia androgenética, ela pode atingir tanto os homens quanto as mulheres, mas diferentemente dos homens, a perda de cabelo não ocorre por completo nas mulheres, mas apenas há uma diminuição do volume total.

O tratamento pode ser feito diretamente com uma com suplementação de vitaminas, além do uso de shampoos corretos e a diminuição da quantidade de condicionador e creme sem enxágue.

Vamos colocar em prática então e se livrar dos cabelos presos na escova??

Camilla Viccari

Camilla Viccari

Camilla é autora e editora do blog. Ama pesquisar tendências, ver filmes antigos, séries e ficar por dentro das novidades!

0 comments

Leave A Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>